Hiparco explica como dois números permitem descrever a posição de um ponto sobre uma esfera. Ele explica a projeção estereográfica: como desenhar a Terra?

Hiparco é o primeiro herói da nossa história. Não é necessário tomar demasiadamente a sério o que ele nos diz! Afirma ser o fundador da geografia e astronomia. É um pouco exagerado. Quem pode se elogiar a tal ponto? Os viajantes não descreveram sempre as suas viagens e os pastores não admiraram sempre as estrelas? É bem raro que um só indivíduo possa criar uma ciência… Mas façamos justiça  a Hiparco, foi um dos  grandes cientistas da Antiguidade.

Conhece-se  pouco sobre a vida de Hiparco. Nasceu em 190 a.C. e morreu por volta de 120  a.C. Em todo o caso, não há nenhuma dúvida que o nosso cientista foi um dos primeiros a estabelecer catálogos de estrelas e a medir as posições sobre a esfera celestial com uma precisão surpreendente. A comunidade dos astrônomos prestou-lhe uma homenagem batizando com seu nome uma cratera sobre a Lua. Citemos Hergé em  Andou sobre a Lua: ” le cirque d’Hipparque n’a pas besoin de clowns, donc vous ne pouvez pas faire l’affaire……”(“O circo de Hiparco não necessita de palhaços, então não se pode fazer o espetáculo …”

O segundo papel neste capítulo é desempenhado por Ptolomeu que viveu três séculos depois dele, entre 85 e 135 d. C. . Ele também foi grande astrônomo e geógrafo, se inspirou nos trabalhos de Hiparco, mas os historiadores não parecem estar de acordo sobre a importância desta influência. Ptolomeu não seria apenas continuador de Hiparco? Pergunta difícil que deixaremos aos especialistas.

Mais informação em: http://www.dimensions-math.org/Dim_CH1_PT.htm

Categorias:

Uncategorized

Deixe uma resposta